The Kentucky Kid

O piloto americano Nicky Hayden, campeão em 2006 da categoria mais elevada do motociclismo mundial, a MotoGP – morre aos 35 anos de idade, em consequência de um acidente de ciclismo na Itália.

The Kentucky Kid Tercepat Marquez Kedua dan Duo Yamaha Terpuruk.jpg

Por uma ironia do destino, as duas rodas sobre as quais ele teve seu momento derradeiro não foram as que ele se destacou profissionalmente, andando a quase 350 km/h, mas aquelas que usamos para mantermos a forma física ou simplesmente ir e vir. Quis também a ironia que um carro tenha feito o serviço e executado o campeão americano.

Sou motociclista a cerca de 17 anos mas ando de bicicleta a minha vida toda, rodando não só as ruas do bairro onde morava, mas também ruas e estradas de uma cidade gigantesca como São Paulo, indo e vindo para o trabalho cerca de 50 km diários. Andar de motocicleta no dia a dia possui seus riscos como qualquer meio de transporte, mas não chega nem perto dos riscos que a passividade da bicicleta oferece. Principalmente pelo fato dos motoristas terem a certeza de que as vias públicas foram feitas tão somente para que eles trafeguem, e não qualquer outro veículo.

Nas últimas semanas vários ciclistas famosos sofreram acidentes graves na estrada, vitimas de atropelamentos. O italiano Michele Scarponi, vencedor do Giro D’Itália em 2011, morreu no dia 22 de abril quando treinava, e na semana passada, o britânico Chris Froome também foi atropelado por um motorista quando treinava para o Giro, nesse caso sofreu alguns ferimentos superficiais.

motogp-czech-gp-2006-nicky-hayden.jpg

Nicky Hayden pilotava com estilo, e deixo isso claro não somente na temporada 2006, onde bateu o multicampeão Valentino Rossi, mas também na sua última participação mais que especial em uma corrida oficial da MotoGP, quando foi convidado no final da temporada de 2016 para substituir o lesionado piloto oficial da Honda Dani Pedrosa em Philip Island, onde fez bonito nos treinos (chegando a ficar em primeiro, à frente do trio Rossi, Lorenzo e Marquez) mas na corrida teve problemas e acabou caindo. Seu número 69 era uma alusão aos seus momentos de queda, já que é um ambigrama (pode-se ler tanto de pé quanto de ponta-cabeça. Adotar essa numeração mostra o humor de um cara tido como simpático e amigável, em qualquer ocasião, ganhando ou perdendo.

Publicado em MotoBlog | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Fugindo da morte

Esse tem sorte! Confira como a falta de atenção pode acabar com o passeio!

Publicado em MotoBlog, Pilotagem Segura | Marcado com , , | Deixe um comentário

Esses seres incríveis…

Ah mulheres, se pudessem imaginar o que seria de nós homens sem vocês! Que seja não somente o seu dia, mas o ano inteiro repleto de sucesso, perseverança, paz e muita moto na veia, seja na garupa ou pilotando.

mulher.gif

Publicado em MotoBlog | Marcado com , , , , , , | Deixe um comentário

Moto é vida!

MOTOBOYIniciar qualquer coisa na vida é algo difícil. Sair da inércia, de um estado parado e realizar qualquer projeto é sempre um desafio, qualquer que seja a coisa que você se propuser a fazer, seja estudar uma língua ou curso específico, seja praticar um esporte, ou até mesmo abrir um negócio. Isso não é diferente de aprender a pilotar uma motocicleta.

O motociclista iniciante precisa se dar conta de “n” fatores até poder realizar seu sonho de pilotar uma Yamaha R1 (moto superesportiva com velocidade final de 300km/h). Adquirir experiência em motos menores é uma delas.

mini-moto-cross.jpg

Lembro-me da primeira vez que sai no trânsito pesado de São Paulo (quem vive aqui sabe que não existe amor no trânsito de SP). Ciclista desde moleque, já pilotava em mobiletes, cgsinhas e outras motoquinhas dos anos 90 de amigos mais “loucos” que eu, por deixarem seus bens preciosos em minhas mãos inexperientes. Com uma forcinha do Altíssimo, consegui passar ileso essa minha fase de aprendizado sem queda, e quando fiz minha primeira aquisição (uma Honda Bros. 150), aprendi na raça como é “pegar um corredor”.

Percebi o pavor que era andar no trânsito quando recebi minha primeira “fechadinha”. Claro que ali já aprendi que moto e carro não devem andar na mesma velocidade, moto sempre tem que andar um pouquinho mais rápido, pra sair do ponto cego do veículo de 4 rodas (ninguém na motoescola te diz isso!!!).

Quase 20 anos de carta, milhares de kms rodados e centenas de fechadas depois (3 delas impossíveis de se safar), ando numa Triumph Speed Triple 1050 com 135 cavalos, velocidade final de + ou – 260 km/h (ainda só cheguei nos 235!!!) e ando 5 a 7 dias por semana, média de 360 kms semanais e enfrento todo tipo de situação que a cidade oferece: calor, frio, sol, chuva, neblina, dia, noite, trânsito livre ou travado, cidade ou estrada. Todas essas situações requerem experiência própria para enfrentar os seus riscos de um acidente.my14speedtriplemattcaspianblue.jpg

Pesquisar e estudar, pilotar de uma forma inteligente e preventiva, são as maiores dicas que posso dar. Vídeos onboard de diversos canais ajudam nesse aprendizado, mas cuidado com youtubers famosos que pilotam como se não houvesse amanhã, porque o que tem de “kamikaze” enlouquecido e que ganha audiência fazendo loucuras no trânsito provavelmente não vai te servir como referência. A mesma coisa quando assistimos ao Valentino Rossi e o Marquez disputando uma posição na MotoGP e saimos com aquela vontade de ralar o joelho no chão. De novo, não é vontade que reina no trânsito.

hqdefault.jpg

Perceber e ser percebido a todo instante é o que melhor deve-se ter consciência ao pilotar. Prever o que o motorista irá fazer, ter a certeza que sempre pode “dar merda” e levar um tombo, ou atropelar um transeunte que saiu do nada, um veículo fazendo conversão a torto e à direita sem seta… tudo isso faz parte do cotidiano. Tenha confiança, mas sem excesso.

rossi-vs-marquez-assen-motogp.jpg

A boa notícia é que o prazer de pilotar vem quando se ganha experiência e se perde o medo, quando se chega mais cedo que seria de carro, vendo passar todas aquelas pessoas imóveis, presas em suas “cabines móveis”, curtindo seu mundinho multimídia supersônico para passar o tempo, enquanto você curte a liberdade de ir e vir com toda atenção.

moto01.jpg

Creio sinceramente que a solução para a mobilidade urbana de grandes cidades está aí: sair da comodidade, conforto e segurança de seu lindo carrinho de toneladas dispostas para apenas uma pessoa, para algo ou extremamente coletivo (bus, metro, trem, etc.) ou extremamente individual (bike, moto, andando, correndo!). Para isso amigo(a), saia do bloqueio mental (não é seguro! não tenho coragem! jamais vou conseguir!), pq moto é movimento, e movimento é vida.

einstein.pngViver é como andar de bicicleta: É preciso estar em constante movimento para manter o equilíbrio.
Albert Einstein (Isso serve para qualquer veículo de duas rodas!!!)
Publicado em MotoBlog, Pilotagem Segura | Marcado com , , , , , , , , | Deixe um comentário

Dia do Motociclista

Para aqueles que não querem somente ver a paisagem, mas fazer parte dela, hoje é seu dia!dia_motociclista

Publicado em MotoBlog | Marcado com , , , , , | Deixe um comentário

VR 46 – A Série – 3 / 5

Vídeo 3 de 5 da série sobre o 9 vezes campeão mundial de Motovelocidade: Valentino Rossi!

Publicado em MotoBlog | Marcado com , , , , , , | Deixe um comentário

VR 46 – A Série – 2 / 5

Vídeo 2 de 5 da série sobre um dos maiores pilotos da história da Motovelocidade: Valentino Rossi, agora falando especificamente sobre sua pista preferida: Mugello

 

 

#VR46THESERIES

Publicado em MotoBlog | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário